_e-mail do presidente_mar

“Sessão fictícia sobre as correspondências eletrônicas despachadas pelo gabinete da presidência da Federação de futebol de MS. Descaradamente inspirada no ‘diário da Dilma’, da revista Piauí”.

 

1º de março – Amanhã vou poder ver a rapaziada do time aquidauanense jogando em casa, na Capital. É pela primeira rodada, mas já estrearam no nosso campeonato. Não entendi. Vou questionar meu coordenador de competições, que já publicou mais uma tabela hoje…

2 de março – Não deu pro escrete aquidauanense. A gurizada de Dourados vestiu a camisa do Chiquinho e sapecou um 2 a 0 em plena Moreninhas. Saí de lá atrás de um conhaque pra esquecer o revés e não achei nenhuma biboca aberta. De quebra, a tevê mudou o jogo de domingo e o pessoal de Chapadão do Sul não gostou muito. Dia para se esquecer…

3 de março – Os naviraienses mexeram seus pauzinhos e vão liberar o estádio Virotão. Enquanto isso, nosso Morenão agoniza e nem a companhia dos morcegos tem mais. Acreditam que expulsaram os bichinhos de lá, família? Fiquei preocupado. Tomara que os mamíferos não façam como o futebol da Capital e vão morar nas Moreninhas também, senão estragariam os retoques da prefeitura. Aliás, gostei da cor azul das arquibancadas – me lembrou do Saad.

5 de março – Não tinha nada pra fazer nesse sabadão e resolvi acompanhar nosso campeonato. O Novo tomou um sapeco do Carcará na região Sul campo-grandense e o caldo (de carne) do Ronildo parece desandar. Os corumbaenses ficaram no 1 a 1 com o clube de Naviraí e seguem sem vencer no Arthur Marinho. Pra variar, o time de Ivinhema empatou em Dourados com os sete de lá e continua invicto.

6 de março – Hoje deu Galo em Chapadão e Cobra do Norte na Capital, mas bom mesmo foi o time de Aquidauana, que arrancou um empate em Rio Brilhante e conquistou seu segundo ponto no nosso campeonato. Mas só sei disso porque me avisaram no WhatsApp. Fiquei assistindo Santos e Corinthians e emendei com o Terceiro Tempo. Dá gosto de ver um debate tão aprofundado sobre o esporte bretão! A família do futebol brasileiro agradece.

9 de março – Hoje teve competição nacional nas Moreninhas, família! Uma grande festa! Fui no mercado e troquei as garrafas PET que sobram no Big House por um par de ingressos. Em campo, o Colorado foi valente e segurou o placar em branco com o poderoso time de Cuiabá – atual campeão da Copa Verde.

10 de março – Hoje teve mais uma peleja nas Moreninhas, dessa vez pelo nosso campeonato. E parece que o Calonga abandonou a chalana corumbaense depois de empatar com o time de Aquidauana. Achei exagero, afinal, beliscou um ponto na casa do adversário! Por falar em beliscar, tá na hora do meu espetinho de filé-mignon na Feira Central…

12 de março – Fui até Três Lagoas pra ver meu time jogar. O Carcará dava tiros no escuro. Tentei dar uma luz, que virou apagão aos 19 minutos do segundo tempo. A peleja tinha de terminar no dia seguinte, mas fomos até o Lagoa da Prata petiscar uma tilápia com provolone e o pessoal exagerou na cervejinha. Marcamos um reencontro pra daqui dez dias.

tilapia

Crédito: Reprodução/Internet

13 de março – O Novo sofreu mais um revés na Capital. O superclássico com o Colorado terminou em vitória inédita para os lobos-guará e o time do Ronildo tá mostrando que não é nenhuma carne de pescoço, como previam. Novidade mesmo foi o clube de Ivinhema, que não empatou, além da rapaziada de Costa Rica, que perdeu.

16 de março – O Galo agravou a crise no Novo e bateu seu novo rival por 2 a 0 nas Moreninhas. Por um momento meu coração se dividiu e não sabia para quem torcer, mas lembrei que o amor de um pai é imbatível – ao contrário do Tricolor da Capital. Em Mato Grosso, o Colorado bem que tentou, mas não segurou o ímpeto do grupo cuiabano e foi eliminado da simpaticíssima Copa Verde. Se bem conheço a diretoria dos lobos-guará, cabeças devem rolar…

17 de março – A promotoria fez justiça e liberou o estádio Virotão para o time de Naviraí mandar suas partidas em casa. Já o Morenão segue na mesmice e a casa do futebol brasileiro anda dificultando um pouco nossa vida, emitindo laudos de vistoria que não passaram pelo meu gabinete. Saudades dos meus irmãos Marin e Del Nero…

20 de março – Teve rodada do nosso campeonato hoje e parece que já tem time classificado pras quartas de final. Deve ter sido mais interessante que o Fla-Flu no Pacaembu. Sinto que perdi meu tempo vendo aquela bagaça. Pelo menos tomei uma soda limonada nos arredores da Praça Charles Miller. Volto só amanhã para a Capital morena e quarta-feira tem comes e bebes em Três Lagoas. Ou estão pensando que eu esqueci?

23 de março – O pessoal de Três Lagoas até tentou melar nossa cervejinha com peixe frito aqui na divisa hoje, mas eu já estava no caminho. Perdemos meia horinha no Madrugadão antes do encontro e o calorão beira-de-rio afetou os jogadores no gramado, que até se sentaram por um momento. Coisas do futebol, família.

26 de março – Liguei para o dono do Novo e chamei pra um almoço no Big House. Perderam mais uma em casa e estão à beira da zona de rebaixamento. Aproveitei e marquei uma pescaria no Rio Aquidauana. A coisa tá feia por lá também e os caras já caíram. Só decepção, família…

27 de março – Mais um Comerário, mais um empate. Melhor assim que ficam todos felizes e classificados. Fui assoprar uma dica pro treinador do Galo no primeiro tempo e o cara ficou bravo. Minha língua é um pouco presa e talvez tenha respingado alguma coisa na camiseta rosa dele. Como ele mesmo disse certa vez: “faz parte do futebol”.

29 de março – Depois do vexame em Pernambuco fui dar um passeio em Assunção para assistir o time da casa do futebol brasileiro desfilar no Defensores del Chaco. Foi feio de ver, família. Nosso campeonato tá melhor que essas Eliminatórias. Senti falta de um Edilsinho na meiúca e de um Miltão na zaga. Quem sabe na próxima convocação.

30 de março – O time de Naviraí tá em franca recuperação e botou uma pimentinha no grupo B, depois de vencer os sete de Dourados. A tevê passou e acompanhei de casa mesmo, saboreando uma pizza meia calabresa, meia três queijos. Fim de semana tem a última rodada da primeira fase do nosso campeonato, mas depois dessa pizza só consigo pensar em Lazio x Roma, no domingo. Não perco por nada!

pizza

Crédito: Reprodução/Internet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s